13 agosto 2009

Política de comentários do Reforma e Carisma

Olá, leitores,

Gostaria de fazer alguns esclarecimentos sobre os comentários no blog:

1) O Reforma e Carisma não aceita comentários anônimos. A Constituição Federal garante a liberdade de opinião e expressão, mas veda o anonimato. Qualquer um é livre para comentar, mas desde que assuma a responsabilidade nominal por sua opinião.

2) O Reforma e Carisma não publica ofensas. Opiniões contrárias são publicadas, mas os comentários que o blogueiro considerar ofensivos não serão aceitos. Os comentários que tenham mensagens pessoais, dirigidas apenas a mim, também não serão publicados.

3) Nem toda réplica será respondida. Em caso de réplicas, opiniões contrárias às do blog, nem sempre eu darei uma tréplica, uma resposta à refutação. Acho que, na maioria dos casos, basta que o leitor leia o post e a réplica para saber qual a argumentação é mais consistente.

4) Normalmente não comento os posts do Reforma e Carisma. É uma postura pessoal minha, acho que inflam desnecessariamente os comentários dos posts. Mas vou rever essa posição e responder os comentários que me fizerem perguntas, como acontece em outros blogs.

5) Minhas opiniões sobre seitas não dependem do ICP, CACP ou outras missões evangélicas.
Já recebi comentário (anônimo) cobrando que eu me retratasse de meus pontos de vista sobre as igrejas locais (Pedro Dong e Witness Lee) argumentando que pastores norte-americanos teriam feito o mesmo. Adianto, desde já, que minhas opiniões sobre seitas (e pessoas que julgue hereges) só terão retratação quando eu for convencido de que estava errado. Elas não dependem da opinião de outros pastores, missões e até mesmo igrejas.

Acho que o esclarecimento de minha postura sobre comentários irá ajudar a evitar desentendimentos e outros problemas aqui no blog.

Graça e paz do Senhor,

Helder Nozima
Barro nas mãos do Oleiro

Nenhum comentário: