31 outubro 2009

1, 2, 3, 4, 5 Calvinistas

No princípio eram Cinco Solas: Sola Scriptura, Sola Gratia, Sola Fide, Solus Christus e Soli Deo Glória. Os reformadores proclamavam a suficiência das Escrituras, a salvação somente pela graça, mediante a fé em Jesus Cristo, o único mediador, tudo para a glória de Deus somente. Negavam com isso a autoridade do papa e dos concílios como infalíveis, a capacidade do homem e o valor das obras para a salvação, a mediação humana e dos sacramentos, atribuindo toda a glória da salvação ao Deus vivo e verdadeiro.

Depois vieram os Cinco Pontos dos Cânones de Dort, provocados pelos também Cinco Pontos da Remonstrância. O acróstico TULIP proclamou a total depravação contra o livre-arbítrio, a eleição incondicional em oposição à eleição mediante fé prevista, a expiação limitada aos eleitos ao invés da expiação universal, a chamada eficaz em lugar do poder de veto do homem sobre a vontade divina e a perseverança do crente pela fidelidade de Deus e não por obras de obediência.

Agora, no aniversário da Reforma, chega à blogosfera o “5 Calvinistas”. Não tem nada da importância histórica e teológica dos “Cinco Solas” e dos “Cinco Pontos”, mas procura ser fiel a eles. São cinco blogueiros, de confissões religiosas e filiações denominacionais diferentes, mas que têm em comum o calvinismo como visão de mundo e expressão do Evangelho de Jesus Cristo, além da disposição de expor e defender a “fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Jd 1:3).

Seja bem vindo!

Texto de Clóvis Gonçalves, do Cinco Solas. Eu também sou um dos 5 Calvinistas. Os outros são o Allen Porto, o Leonardo Galdino e o Roberto Vargas Jr. Não deixe de nos visitar!

Um comentário:

Ivonete Silva disse...

Que fofinho! Ficou muito legal o blog dos cinco calvinistas!
Parabéns amigo!