10 novembro 2009

Última resposta a Leandro Quadros - Parte II

Leia a primeira parte da resposta aqui.


O uso de Berkouwer e outros autores
O professor diz que sua única regra de fé e prática é a Bíblia. Mas não hesita em lançar mão de autores, como Berkouwer, Matthew Henry, Barclay (seria o William?), Moody...

Eu mesmo não fiquei aqui citando Calvino e outros ótimos teólogos, como Jonathan Edwards, John Owen, Arthur Walkington Pink e muitos outros que amparam o meu ponto de vista. Nesse ponto, fico com um argumento usado por vários adventistas: vamos usar a Bíblia! É o que ela diz, e não o que teólogos dizem, que prova o certo ou errado. Deixemos de lado os argumentos ad hominem.

O livre-arbítrio
O versículo de ouro usado pelo professor Leandro Quadros para defender o livre-arbítrio é Romanos 5:12. Nas palavras dele:
Basta ler Romanos 5:12 e o senhor verá que, mesmo o ser humano não tendo capacidade de ir a Deus por conta própria (nisso concordo, pois é o Senhor que vai atrás do pecador e efetua nele o querer e o realizar, segundo Filipenses 2:13), pôde fazer escolhas para pecar ainda mais. Se pôde escolher pecar (claro: a tendência pecaminosa existe dentro de cada um), é claro que pode também escolher a graça de Deus para lutar contra o pecado. “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.” Romanos 5:12. A morte passou a todos porque todos pecaram e não porque todos foram predestinados para pecar.
Vejam bem. O professor concorda que o ser humano não tem capacidade de ir até Deus por conta própria. Como pode concordar com isso e afirmar que "pode também escolher a graça de Deus para lutar contra o pecado"? Se o ser humano não tem forças para buscar a Deus em sua força humana, ora, como então ele tem condições de escolher a graça de Deus?

Uma simples leitura de Romanos 3:10-12 desmonta a tese do professor: como está escrito:
Não há justo, não há nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer.
Esses 3 versículos, sozinhos, já são suficientes para destruir o pensamento de Quadros e são centrais na minha argumentação. Segundo eles:

- Não há justo, ou seja, não há pessoas aprovadas por Deus.
- Não há quem entenda, não existem seres humanos que compreendam o que Deus quer.
- Não há quem busque a Deus. Ora, se não existe ser humano que O busque, como eles podem escolher a graça? Não fazem o mínimo, não entendem o que Deus quer...dizer que, sozinho, o ser humano é capaz de escolher a Deus é ignorar o texto!
- Todos se extraviaram, ou seja, se perderam.
- À uma se fizeram inúteis. Ora, se o ser humano tornou-se inútil, imprestável, sem utilidade, como ele pode escolher a graça?
- Não há quem faça o bem. Escolher a graça não seria um bem? Ora, mas a Bíblia diz que não há pessoa assim.

Quanto a Romanos 5:12, sabe o que o versículo diz sobre o livre-arbítrio? Nada.
Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.
O que, aliás, favorece a doutrina da depravação total, que se baseia em Romanos 3:10-12, 5:12 e muitos outros.

O que diz a doutrina da depravação total?

Depravação total é a doutrina que ensina que todos os seres humanos foram afetados pelo pecado e estão mortos espiritualmente, de tal modo que, voluntariamente, o ser humano é incapaz de se arrepender de seus pecados, voltar-se para Deus e ser salvo.

Ou seja, não negamos Romanos 5:12 nem temos problema com o versículo. Ele diz que a morte passou para todos os homens, predestinados ou não. Todo calvinista concorda com isso, sem problemas.

Aliás, precisamente porque a morte passou a todos é que a predestinação é necessária. Um morto nada faz. Aliás, segundo Romanos 3:10-12 (que cita o Salmo 14 e o 53), todos os seres humanos, de si só, são mortos e incapazes de buscar a Deus ou escolher a graça.

A morte e ressurreição de Jesus não anula essa verdade. Até porque a carta aos Romanos foi escrita após a ressurreição. Logo, a verdade do capítulo 3, da incapacidade do ser humano, permanece em pé. A morte e ressurreição de Cristo afeta os salvos, mas não dá ao incrédulo a capacidade de escolher a graça.

Como isso se encaixa na predestinação? Simples. Uma vez que todos os homens estão mortos (obrigado por citar Romanos 5:12, professor!), todos são incapazes de irem até Deus. Se Deus esperasse que algum ser humano escolhesse a graça, ninguém faria isso. Então, já que todos nasceram mortos por causa de Adão, Deus escolhe salvar a alguns.

Repare, professor, que a vida é dada enquanto os eleitos ainda estão mortos:
Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados. (Efésios 2:1)
Em outras palavras, Deus não fica esperando, já que a espera seria inútil. Ele vai lá, quando os eleitos ainda estão mortos, nos pecados...e então, Ele dá a vida.

Podia parar aqui. A não ser que o professor faça esses versículos dizerem algo diferente, está destruído um argumento central da defesa do Sr. Leandro Quadros sobre o livre-arbítrio. Um pilar central ruiu, não preciso brandir mais argumentos, já estabeleci o pilar da depravação total e da predestinação. Mas, ainda me darei ao trabalho de falar muito mais.

Voltando, como disse antes, Deus escolhe quem Ele quer salvar e quem Ele não salvará.
Que diremos, pois? Há injustiça da parte de Deus? De modo nenhum! Pois ele diz a Moisés: Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão. Assim, pois, não depende de quem quer ou de quem corre, mas de usar Deus a sua misericórdia. Porque a Escritura diz a Faraó: Para isto mesmo te levantei, para mostrar em ti o meu poder e para que o meu nome seja anunciado por toda a terra. Logo, tem ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem lhe apraz.(Romanos 9:14-18)
O texto é claro:

- Deus escolhe algumas pessoas para receberem misericórdia e outras para serem endurecidas;
- Deus não é injusto por escolher ser misericordioso com uns e duro com outros;
- Deus é quem decide, em sua Soberana vontade, de quem Ele vai ou não se compadecer;
- A salvação não depende de quem quer ou de quem corre. Depende apenas se Deus vai ou não ser misericordioso.

E, com o texto acima, temos o segundo ponto do calvinismo: a eleição incondicional. Deus escolhe salvar quem Ele quer, e isso não se baseia em nada que nós, seres humanos, possuamos. O único critério pelo qual Deus escolhe ou não é a Sua vontade.


Claro, isso impõe uma conseqüência lógica. Se uns são predestinados para a salvação, outros o são para a perdição eterna. E aí, o professor Leandro, rapidamente, saca seus argumentos:
Se o pastor me disser que Deus predestina alguns para se perderem, estará indo contra o Salmo 5:4 que ensina não ser Deus o originador do pecado (Por favor: não faça como os ateus que gostam de citar Isaías 45:7). Predestinar para a perdição não é questão de Soberania, mas, ACEPÇÃO DE PESSOAS, coisa que o próprio Deus condena (Romanos 2:11 – atente para o fato de que o verso está no mesmo livro onde vocês se apóiam para afirmar a doutrina da predestinação determinista.
Calma, professor, sem Isaías 45:7. Primeiro, vamos lá, o professor diz que a predestinação para a perdição fere dois versículos:
Pois tu não és Deus que se agrade com a iniqüidade e contigo não subsiste o mal. (Salmo 5:4)

Porque para com Deus não há acepção de pessoas. (Romanos 2:11)
O primeiro versículo não cabe...a não ser que o professor considere que Deus usar o Seu poder de escolha seja algo maligno. Mas, e quanto à acepção de pessoas?

Olha, sinceramente, Deus faz acepção de pessoas é no arminianismo. Se a predestinação é por presciência, então Deus escolheria com base em algumas qualidades que as pessoas teriam ou não, no caso, a fé, por exemplo. Acepção de pessoas é favorecer a uns e prejudicar a outros com base em alguma qualidade que a pessoa tenha. É o que explica Tiago:
Meus irmãos, não tenhais a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas. Se, portanto, entrar na vossa sinagoga algum homem com anéis de ouro nos dedos, em trajos de luxo e lhe disserdes: Tu, assenta-te aqui, em lugar de honra; e disserdes ao pobre: Tu, fica ali em pé ou assenta-te aqui abaixo do estrado dos meus pés, não fizestes distinção entre vós mesmos e não vos tornastes juízes tomados de perversos pensamentos? (Tiago 2:1-4)
O pecado da acepção de pessoas era o de favorecer os ricos, por serem...ricos.

Mas, no caso da predestinação, todos são igualmente mortos e miseráveis. Pelo mérito, ninguém merece ser salvo. Na visão reformada, Deus escolhe quem Ele quer, sem se basear em nenhum critério de favorecimento, em nenhuma característica especial, logo não se configura a acepção. Já na visão arminiana, Deus escolheria baseado na fé, na resposta ao convite...e aí sim seria acepção. Já que todos são miseráveis, escolher com base em alguma característica ou atitude seria acepção.

A não ser, é claro, que os arminianos ou o professor queiram advogar uma salvação por mérito, onde a pessoa merece ser salva porque teve a boa obra ou característica. Neste caso, minha resposta é Efésios 2:8-9:
Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.
Nós, reformados, podemos até crer em uma "aberração teológica" para os adventistas. Que seja. Antes crer em uma aberração teológica, mas harmônica com a Bíblia, do que crer em uma aberração bíblica, como faz o professor.

Sobre a base bíblica da predestinação para a perdição, ao invés de Isaías 45:7 (versículo que não cabe no nosso debate, não sei porque o professor receou que o usasse), dou-lhe Provérbios 16:4
O SENHOR fez todas as coisas para determinados fins e até o perverso, para o dia da calamidade.
Acrescento os vasos de ira de Romanos 9:
Ou não tem o oleiro direito sobre a massa, para do mesmo barro fazer um vaso para honra e outro, para desonra? (Romanos 9:21)
E Pedro!
Para vós outros, portanto, os que credes, é a preciosidade; mas, para os descrentes,
A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal pedra, angular
e:
Pedra de tropeço e rocha de ofensa.
São estes os que tropeçam na palavra, sendo desobedientes, para o que também foram postos. (1 Pedro 2:7-8)
São 3 versículos, de 3 autores diferentes, nos 2 Testamentos, ensinando a predestinação para a perdição.

Bom, o senhor pode se arrogar autoridade suficiente para dizer que Salomão, Paulo e Pedro criam em uma "aberração teológica". Paciência. Não sabia que discutia com alguém mais sábio que Salomão e que entendeu melhor o Evangelho do que os apóstolos Paulo e Pedro, a ponto de dizer que o ensino deles é uma aberração. Diz o senhor:
Quer que eu e demais cristãos acreditemos em tal aberração teológica?
Respondo: não quero que os cristãos creiam em tal aberração teológica. Mas Salomão, Paulo e Pedro querem.

Ainda estou no ponto 3, professor. Já não precisaria continuar, os argumentos centrais foram refutados. Mas, por amor à verdade, prosseguirei...nos próximos posts.

O link da terceira parte está aqui.

43 comentários:

Clóvis disse...

Helder,

Você abandonou o jornalismo e agora está no ramo de demolições? rsrs

Sobre acepção de pessoas, escrevi um texto em 2008, que talvez valha a pena a leitura: Deus é parcial?.

Vou acompanhar a sequencia de sua resposta.

Em Cristo,

Clóvis

Ricardo Mamedes disse...

Simplesmente: parabéns Helder.

Em Cristo, o nosso Redentor!

Ricardo

survivorwayslayer disse...

Ola Heber,

acompanhando estas matérias, gostaria que me respondesse na biblia algumas perguntas.

1º Vocês querem dizer que "uma vez salvos, salvos para sempre?"

2º Se você estiver predestinado para não ganhar a salvação, o que o incita a pregar a palavra de Deus?

3º Eu acho que estou predestinado a salvação, sinto que Deus me concedeu a salvação antes que eu nascesse, portanto,ja que estou salvo mesmo pra que ir a igreja,pra que pregar o amor de Jesus,se acaso estiver errado, não perdi nada mesmo,na minha concepção tenho a salvação garantida,Deus me aguarde no céu.

3ºSe fiel até a morte e darte-ei a coroa da vida....Procuro ser Fiel até a morte e quando Jesus voltar sou condenado,pois estava predestinado a perdição,então Deus mentiu pra mim?

4º Como ter indicios biblicos que estou predestinado para alguma coisa?Como sei que a graça tem me alcançado?

5ºEm Jeremias 21:8 é literal ou a escolha de viver e morrer era algo assim...os predestinados por Deus Ele mesmo cuidaria de tirá-los da cidade?sendo assim por que o profeta lançou esta questão para todo o povo?

6º Seu objetivo é refutar o profº Leandro ou demoli-lo?(desculpe se isso é um termo Jornalistico o Jornalismo tem ofendido pessoas,mas o Clovis disse isso porque se sentiu consolado com sua resposta)
Não conhecia essa Teoria(se assim que se chama) Calvinista,(Ellen White não és quem nos dita as doutrinas de nossa fé e não temos doutrinas baseada em ideias particulares dela, se é que ela tem alguma ideia partcular)e depois de ler o que Calvino deixou, me senti a vontade para me sentir a vontade com minha vida e aguardar a volta de Jesus ja que estou predestinado mesmo, pra que lutar contra o pecado, ja que isso não mudará a ideia de Deus....pra que Jesus morreu para os predestinados a condenação.....

Me responda por favor ...

Abraços

Fiquem com Deus...

Walans de Souza
walansja@hotmail.com

Fernando disse...

Não gostei muito.. acheio bem vago esses argumentos, parece que Deus não esta usando vcs.. Desculpa a minha opnião.

Helder Nozima disse...

Fernando,

Assim como o apóstolo Paulo, não me preocupo em agradar a homens, o que inclui você. Minha única preocupação é a de agradar a Cristo, assim como a única opinião que importa é a d'Ele. É Ele, e não você, quem julgará se Deus está ou não me usando.

De minha parte, lamento que você não tenha olhos espirituais para discernir a verdade. Afinal, como diz Paulo, as verdades espirituais só podem ser discernidas pelos espirituais. Ao que vejo, você não parece ser um deles.

Fernando disse...

Não se irrite amigo, tem q aprender a viver com criticas é normal, e o fato de vc estar debatendo com outra pessoa, não indica q vc só faz isso para Deus, pois se esta debatendo e postando em blogs, indica q vc quer transmitir a mensagem para outras pessoas não é ? pois não teria razão para perder tempo nesse tipo de debate não é verdade ?Gostei de algumas coisas q vc falou, mais nem tudo esta certo..na minha visão biblica que sinceramente orei para Deus ter.

Helder Nozima disse...

Walans,

Prazer, meu nome é HELDER, e não Heber. Entendo que as pessoas não tenham lá um grande apreço por mim, mas acertar o nome acho que é o mínimo.

Confesso que não acredito na sinceridade de suas perguntas, tendo em vista o que você já disse de mim no "Na Mira da Verdade". Não creio que você, de fato, queira saber, mas sim achar motivos para ridicularizar, como você tem feito no site do professor Leandro.

Respondendo:
"1º Vocês querem dizer que "uma vez salvos, salvos para sempre?"

HELDER: Sim. O salvo, uma vez salvo, salvo para sempre.

"2º Se você estiver predestinado para não ganhar a salvação, o que o incita a pregar a palavra de Deus?"

HELDER: Quem disse que não sou predestinado para a salvação? Prego exatamente porque creio em minha predestinação. Mas, há réprobos que pregam. Paulo disse que alguns pregavam a Cristo por inveja e porfia (Fp 1:15). Não me incluo neles.

"3º Eu acho que estou predestinado a salvação, sinto que Deus me concedeu a salvação antes que eu nascesse, portanto,ja que estou salvo mesmo pra que ir a igreja,pra que pregar o amor de Jesus,se acaso estiver errado, não perdi nada mesmo,na minha concepção tenho a salvação garantida,Deus me aguarde no céu."

HELDER: Erro clássico de interpretação seu. A árvore se conhece pelos frutos (Mt 7:16-20). Os calvinistas ensinam que o verdadeiro predestinado vive uma vida que glorifica a Deus. Quem diz ser predestinado, mas vive como um pecador, esse mostra que foi predestinado sim, mas ao inferno.

"3ºSe fiel até a morte e darte-ei a coroa da vida....Procuro ser Fiel até a morte e quando Jesus voltar sou condenado,pois estava predestinado a perdição,então Deus mentiu pra mim?"

HELDER: Respondi acima. Os que forem verdadeiramente fiéis são todos predestinados. Todos. Quem é predestinado à morte não é fiel, de verdade, a Cristo. Agora, ser fiel à IASD não é ser fiel a Deus. Pode sim, ser que você seja fiel até à morte às doutrinas adventistas e descubra que é predestinado para o inferno, por não ter sido fiel a Cristo.

"4º Como ter indicios biblicos que estou predestinado para alguma coisa?Como sei que a graça tem me alcançado?"

HELDER: Frutos e crer na doutrina correta. Paulo reconheceu a eleição da igreja de Tessalônica pelas obras (1 Ts 1:2-5).

"5ºEm Jeremias 21:8 é literal ou a escolha de viver e morrer era algo assim...os predestinados por Deus Ele mesmo cuidaria de tirá-los da cidade?sendo assim por que o profeta lançou esta questão para todo o povo?"

HELDER: Deus quer que a Palavra seja pregada a todos. Aos eleitos, porque eles, após nascerem de novo, farão voluntariamente o que Deus quer. Os réprobos devem ouvir para serem ainda mais condenáveis aos olhos de Deus.

"6º Seu objetivo é refutar o profº Leandro ou demoli-lo?(desculpe se isso é um termo Jornalistico o Jornalismo tem ofendido pessoas,mas o Clovis disse isso porque se sentiu consolado com sua resposta)
Não conhecia essa Teoria(se assim que se chama) Calvinista,(Ellen White não és quem nos dita as doutrinas de nossa fé e não temos doutrinas baseada em ideias particulares dela, se é que ela tem alguma ideia partcular)e depois de ler o que Calvino deixou, me senti a vontade para me sentir a vontade com minha vida e aguardar a volta de Jesus ja que estou predestinado mesmo, pra que lutar contra o pecado, ja que isso não mudará a ideia de Deus....pra que Jesus morreu para os predestinados a condenação....."

HELDER: Já respondi sobre pecado acima. E, não...você não leu nada do que Calvino escreveu. Se lesse, não teria falado a asneira que disse.

Aliás, muito bem fariam os adventistas se, ao menos, se dessem ao trabalho de conhecer o que criticam. Ao menos saberiam o quê criticar.

Helder Nozima disse...

Fernando,

Eu sei conviver com críticas. Não pedi que você me aplaudisse nem achasse meus argumentos menos vagos ou a sua aprovação de que Deus me usa. Aceitei suas críticas.

Agora, por que não aceita as minhas? Afinal, se sentiu tão à vontade para falar se Deus me usava ou não, ora, vamos, deixe-me ficar à vontade e dizer-lhe com igual franqueza o que penso!

Aliás, não penso em convencer as pessoas. Este blog é apenas um instrumento que, se Deus quiser, Ele usará para convencer ou não. É Ele quem faz, não eu.

Escrevo para glorificar ao meu Deus e para expor a verdade. Se Ele me aprova, mesmo que ninguém concorde comigo, amém. Cumpri o meu objetivo.

Aceite as críticas, como aceitei as suas. Afinal, quem bate, tem que aguentar apanhar, não é mesmo?

Helder Nozima disse...

Clóvis,

Demolir idéias sim, rs...mas isso é tarefa de todo bom jornalista.

Li o seu texto, é muito bom. Espero que seja visitado por outros aqui.

Abraços,

survivorwayslayer disse...

Ola Helder,

duvido que pronunciaria o meu nome de primeira instancia,a me esqueci que talves os predestinados não errem, e agradeço pela simpatia que vcoê apresentou as respostas,sou uma pessoa simples que queria tirar as duvidas com você, e ja vi uma outra coisa, o tio da minha amorável namorada é pastor presbiteriano, e ele me odeia por ser ASD, pretendo continuar tirando minhas duvidas com o Leandro, pois assim como Jesus ele não trata pessoas de outras fé de maneira desigual,e ao invés de satirizar e tratar com dureza, as pessoas tem encontrado a Jesus....

Muito obrigado...

Helder Nozima disse...

Walans,

Acho engraçado. Você pergunta de modo irônico, com o tom típico daqueles que acham que o adversário não terá respostas e será "humilhado" (se o tom não foi esse, releia, por exemplo, as perguntas 3 e 5). E quando ganha uma resposta à altura, reage assim?

Sobre o nome, bem, ele está escrito. Acertá-lo seria fácil. Se você não conseguiu, isso talvez mostre a atenção (ou a falta dela) com a qual você leu o meu artigo.

Talvez se você prestasse atenção, não só neste post, mas no que a Bíblia diz, entenderia que não precisamos mais guardar o sábado, que o inferno é eterno e que Jesus considerou puros todos os alimentos.

E aí, ao invés de chamar Ellen White de "atalaia de Cristo" (vejam que nunca foi dito, aqui ou no 5 Solas, algo disso de Calvino), perceberia o engano da IASD, se converteria e seria, enfim, salvo.

Do contrário, advirto-o que, perseverando no caminho adventista, realmente o que acharás é o inferno, e não o céu que buscas.

O amor às vezes é duro, assim como a verdade. Mas, se você rejeitar a verdade apenas porque fui "áspero", minha aspereza não lhe servirá de desculpas no dia do Juízo.

Pense nisso.

Ricardo Mamedes disse...

Helder,

Sinceramente eu não consigo entender os adventistas. Primeiro a Ellen G. White com as suas "profecias" que nunca se cumpriram e a sua pregação herética. Segundo, a teima em guardar o sábado, quando o próprio Jesus aboliu este ritual. Terceiro, a manutenção dos "alimentos impuros", mesmo depois da visão de Pedro (Atos) sendo instado Deus a comer de todo e qualquer alimento. Logo, forçoso concluir que a 'teologia' adventista é contrária às Escrituras.

Em Cristo.

Ricardo

Thiago disse...

Qual terrível e enganosa é esta doutrina, se eu ignorasse todos os erros de interpretações de seus textos aqui mostrados e me convencesse de que esta doutrina tem apoio bíblico eu seria o 1º a virar Ateu.

Helder Nozima disse...

Thiago,

Jesus disse que apenas suas ovelhas iriam ouvir a Sua voz. Jesus mesmo ja pregou e tentaram matá-lo em Nazaré. Em outra ocasião, todos o abandonaram (Jo 6) e ele ficou só com os discípulos.

Se você não é capaz de aceitar a verdade, talvez seja como os que recusaram a Cristo. Eu, porém, prefiro ficar entre os poucos que ouvem e aceitam a verdade. Afinal, larga é a porta para a perdição e estreito o caminho que conduz para a vida eterna.

Fernando disse...

bom dia ...bom pelo que eu vejo há muita intolerancia há esses adventistas, até concordo, pois eles não acreditam na predestinação,mais pelo q estou acompanhando vejo q é um bom debate.Mais seria bom entender não só de calvinismo, pois pelo relato do Ricardo acho q ele não entendeu a visão de pedro, peço q estude um pouco mais sobre essa visão, mais todo o capitulo humildemente falando...Só pra ajudar acho q a visão tem aver com pregação aos gentios..

Helder Nozima disse...

Fernando,

Sobre 2 Pedro 3:9 vou tratar nos próximos posts. Peço que você aguarde. A resposta é dada em partes, estou na 3 já, falta muito.

Agora, se quiser, em outros blogs há textos sobre o assunto que podem ajudá-lo a entender melhor a visão reformada dos textos.

Fernando disse...

E fique tranquilo Helber aceito tranquilamente criticas, pois eu não sou dono da verdade. E continue pregando q pelo q eu vejo sinceramente vc acredita, que Deus seja seu guia e também o nosso..

sem recentimentos..
No amor de Cristo.

Thiago disse...

Talvez tenha razão helder, talvez no momento do "sorteio divino" eu fui escolhido para viver eternamente como um perdido.

você mencionou "Se você não é capaz de aceitar a verdade", eu pergunto que disse que isto é "verdade", eu ja aceitei a verdade a muito tempo amigo e graças a ela sou liberto de enganos como os seus.

Esperamos pelo grande dia e que Deus nos diga de sua justiça.

Fernando disse...

Helber respitosamente já q o Sr está escrevendo sobre a visão de pedro para nos ajudar na compreenção, pediria q o Sr tambm nos ajudasse na visão do 144 mil de apocalipse..

Helder Nozima disse...

Thiago,

Quem disse que é a verdade é a Bíblia, ou seja, Deus.

Mas, tudo bem. Se você não reconhece a verdade como tal, de fato, quem te julgará é Deus. Talvez um dia Ele te dê ouvidos para ouvir. Por enquanto, não é isso o que vejo.

Fernando disse...

Desculpa errei seu nome ( HELDER )

Fernando disse...

Helber respitosamente já q o Sr está escrevendo sobre a visão de pedro para nos ajudar na compreenção, pediria q o Sr tambm nos ajudasse na visão do 144 mil de apocalipse se possivel..

Helder Nozima disse...

Fernando,

Obrigado por escrever meu nome corretamente. Sobre os 144 mil, vai demorar um pouco, não é o objetivo desta série.

O que posso te dizer é que o Apocalipse é um livro cheio de simbolismos e deve ser interpretado simbolicamente. Os 144 mil representam 12 X 12 X 1000. Doze é o número do povo de Deus (doze tribos, doze apóstolos). Duas vezes é o povo do AT mais o do NT. Mil indica grande quantidade, uma quantidade completa. Os 144 mil são, portanto, todos os salvos.

Roberto Vargas Jr. disse...

Adventistas,

Acreditam vocês estarem fazendo um bom papel com todas estas bobagens e provocações?

Vejo que o Leandro tem discípulos fiéis. Porém, o seu professor sabe ser cortês, embora por não repreender-los demonstre que sua cortesia não passa de afetação.

Vocês, no entanto, são grosseiros, tanto no que se refere ao tratamento dispensado aos opositores que vocês mesmo tem buscado, seja pelo tom usado, seja pela leitura deficiente do texto que pensam criticar, quanto no que refere à defesa de sua doutrina, demonstrando a ignorância sobre o que falam. Fora o serem pueris demais.

Se tivessem a humildade que alegam, se aproximariam destas questões com mais respeito. Teriam mais reverência pela Verdade e, de fato, dobrariam os joelhos.

Não podemos tomar a parte pelo todo. Porém, toda a atitude desta circunstância tem revelado a falta de caráter das plagas adventistas. Talvez vocês sejam apenas o que de pior há no adventismo. Se há algo de bom, um líder seu, seja o próprio professor que vocês procuram com tanto zelo defender, seja outro líder qualquer, deveria repreender-lhes o comportamento publicamente, aqui no RC e também no CS. Mas talvez não haja algo de bom a se esperar.

Por fim, faço um último apelo, chamando-os à Verdade e à razão :
"Não respondas ao insensato segundo a sua estultícia, para que não te faças semelhante a ele" (Pv 26.4). Esta tem sido a atitude amorosa do Clóvis e do Helder perante vocês: chamá-los à Verdade.
"Ao insensato responde segundo a sua estultícia, para que não seja ele sábio aos seus próprios olhos" (Pv 26.5). Esta tem sido minha atitude amorosa perante vocês: chamá-los à razão.
Quem quiser ouvir, ouça!

Que Deus tenha misericórdia de nós todos,
Roberto

Ricardo Mamedes disse...

Helder,

Com relação ao seu último comentário a respeito dos 144.000, penso que não entendi direito (embora fugindo ao assunto), pois deu-se a entender que este número significa a "universalidade dos salvos". E pelo que é patente hoje pelo estudo da escatologia, o número se refere aos "salvos judeus" depois de convertidos em Cristo em um determinado tempo. Não é isto?

Em Cristo.

Ricardo

Helder Nozima disse...

Ricardo,

Não quero desvirtuar estes comentários para um debate escatológico. Vou responder, mas outros comentários sobre 144 mil quando fizermos um post específico, senão vamos chegar aos 200 comentários rapidinho e o Blogger não suporta, rs.

Eu sou amilenista. Dentro do amilenismo, do pós-milenismo e acho, do pré-milenismo não dispensacionalista, os 144 mil são a universalidade dos salvos. Doze do AT vezes doze do NT vezes mil.

Para os pré-milenistas dispensacionalistas, aí sim são os judeus.

Para os TJs é um número literal. Não sei o que os ASD pensam.

Ricardo Mamedes disse...

Fernando,

O mesmo raciocínio do sábado é usado no que se refere aos alimentos impuros. "O pior é o que sai da boca e não o que entra". Logo, a abstinência foi sim abolida. O sacrifício de Jesus na cruz fez "cumprir a lei", não estando mais o homem sob os seus "grilhões", mas, agora, sob a graça. Tais costumes judaizantes, a meu ver, são hipócritas e nada santificam; são apenas obras "da carne". Eis que agora, com o advento do "segundo Adão" (Cristo), a salvação é pela fé (justificação), mediante a graça (Efésios 2:8-9) e não por "obras da lei", como bem frisou Paulo.
Parafraseando o mesmo Apóstolo, "até mesmo o preguiçoso, o que nada faz para obter a salvação, pode ter em seu benefício a fé (se a tem mesmo sem trabalhar) e ainda assim será salvo. Em contrapartida, mesmo guardando o sábado ( o sábado foi feito para o homem ou o homem para o sábado?), se abstendo de "alimentos impuros", ainda assim o adventista ou quem quer que seja não alcançará a salvação, se não pela graça, mediante a fé - "que não vem de vós, mas é dom de Deus".

Em Cristo.

Ricardo.

Fernando disse...

Helder sinceramente me respnda eu estou defendendo o Leandro ? se estiver parecendo m desculpa pois estou apenas acompanhado esse debate, isso não significa q eu acredite em calvinismo ou adventismo estou analisando ambas partes mais o Sr sabe q é um assunto complexo.e acredito q não é só a igreja prebiteriana q acredita em calvino como tambm não é só a adventista q nao acredita em calvino Resumindo acho errado o Sr Roberto pois julga quem não ecredita, nessa teorias, repito não estou defendendo ninguem. estou buscando saber ambas as partes. Mais acho q todos nós devemos tambem viver esses conhecimentos..Pois se ficarmos mostrando esse desvio de comportamento acredito q não seja bom.

Helder Nozima disse...

Fernando,

Relaxe. O comentário do Roberto foi dirigido a adventistas. Se você não é, a carapuça não lhe serviu. Não há porque ficar armado.

Ok?

Abs,

Helder.

Roberto Vargas Jr. disse...

Helder,
Em relação ao comentário do Fernando: você tirou as palavras de minha boca!
NEle,
Roberto

survivorwayslayer disse...

Ola Helder,

me desculpe mas não me direcionei a você com ironia,mas fiz as perguntas com base no que li em seus dois post.
Deveriam compreender melhor Lucas 6:37, se para você a doutrina Adventista leva ao inferno, não é a primeira vez que ouço isso,fui convidado a assitir tres dias de assunto escatológico na Presbiteriana de Auriflama, mas na verdade o que vi foi um movimento de ira contra a IASD, fiquei feliz depois de terminar alguns assemlbleianos me procurarem para dizer que jamais voltariam aquele lugar por ver um extopim curto contra nós.(motivo, foi perguntado sobre os Jeovás,o pastor falou falou de forma branda,mas quando perguntou sobre os Adventistas, o homem falou como se fossemos inimigos)
Não é assim que vejo você Helder, aqui em meu escritório ja convidei até Judeus para compreenderem o que eles pensam a respeito de Jesus,e tantos outros assuntos, foram eduacados e simpáticos, afinal, Jesus disse " Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos: se tiverdes amor uns aos outros." João 13:35

Abraços....

Espero que ninguem vos pergunte contrariando a teologia de vocês...

Fernando disse...

Helder esse negocio de carapuça não é legal ..Sou homem bastante e tenho um pouco de massa cefálica pra enteder.oq esse Sr diz.Se vcs acham q esse povo ou outro povo é errado só preve biblicamente só e se eles fazem diferente o erro é deles.

survivorwayslayer disse...

Sr Roberto Vargas,

O Prof. Leandro é um homem como eu e você, portanto, a biblia é clara em dizer.... "Assim diz o Senhor : Maldito é o homem que confia nos homens,que faz da humanidade mortal a sua força,mas cujo coração se afasta do Senhor ." Jeremias 17:5.. portanto, eu admiro o Prof. Leandro por que Deus tem usado ele para com muitas pessoas, isso é visivel no blog e no programa ade TV....Agora, eu não sou discipulo dele e sim de Jesus Cristo.
Se a minha ignorancia permite, mas em todos comentários que você postou aqui ou no blog do Clóvis, é sempre da mesma maneira, uma impaciencia tremenda,sempre julgando as atitudes dos outros e se fazendo de vitima quando se dirigem a você, será que você nos considera prdestinados a perdição para nos tratar dessa maneira?Portanto Roberto saiba que como não acredito nisso tratarei até o mais terrivel pecador com amor pois sei que ele ainda pode se salvar, basta "crer em Jesus" (João 3:16). Você deveria ter assistido ao Futuro com esperança e ver que predestinados somos para a salvação a partir do momento em que acitamos a Jesus como salvador em nossas vidas, você veria pessoas sendo transformadas pelo poder do Espirito Santo, pessoas sendo levadas até os pés de Jesus, e com toda autoridade biblica, a salvação destas pessoas ja foram pagas, compradas pelo sangue de Jesus na cruz e agora Jesus convida a todos: "O Espírito e a noiva dizem: Vem! E todo aquele que ouvir diga: Vem! Quem tiver sede, venha; e quem quiser, beba de graça da água da vida." Apocalipse 22:17 - Roberto, na Hermeneutica você irá dizer que a palavra todo é o mesmo que os escolhidos? se eu ler com os olhos calvinista será assim mesmo, mas se eu ler com os olhos puros, de uma pessoa que nunca leu a biblia antes, entederá que a salvação esta para qualquer um.



Fique com Deus...

Que a graça de Jesus esteja com você...

Helder Nozima disse...

Prezados,

O Reforma e Carisma tem uma política de comentários que pode ser lida através de um link na barra lateral.

Comentários que EU considere ofensivos a mim, à sã doutrina ou a outro comentarista não serão publicados.

Roberto Vargas Jr. disse...

Caro Walans,

Ficarei feliz que seja um discípulo de Jesus Cristo, se de fato o for. E, se o é, saberá ouvir. Senão, pouco importa! Assim, numa nova empreitada didática...

Não quero discutir teologicamente com o Leandro, isso nunca será producente. Deixo esta tarefa a cargo de pessoas mais hábeis e pacientes que eu. Dele espero apenas uma atitude de líder, e um líder cristão, repreendendo comentários inúteis e ofensivos de seus "fãs", seja em sua casa, seja nas casas em que eles resolveram se meter.

Sou mesmo impaciente com quem não demonstra qualquer respeito. Encher os blogs de comentários que não têm qualquer intenção de diálogo, com acusações pueris e outros artifícios são demonstrações de falta de caráter e qualquer um que assim proceda não terá meu respeito.

Eu não considero ninguém predestinado à perdição nem à salvação. Isto é, não o posso julgar. Este julgamento pertence a Deus somente. Sei apenas que eu sou salvo, pois sei que Ele me chamou. Porém o caráter de alguém pode e deve ser julgado por suas atitudes: os frutos denunciam a árvore.

Tratar alguém com amor não é falar de modo agradável (nem cortês, se isso é apenas afetação). O amor repreende em tons duros sempre que necessário. Exemplos de dura repreensão são fartos na Bíblia e mesmo o nosso Senhor foi duro muitas vezes (até mesmo com os discípulos mais próximos).
Além disso, eu não estou aqui para trocar afagos com ninguém. Vocês todos podem não gostar de mim ou da forma como eu me expresso, mas isso pouco importa. Importa é ser agradável a Deus e não negociar Sua Verdade.
Enquanto não forem capazes de ouvir ou dialogar producentemente este é e será o tom.

Por misericórdia, creiam no que quiserem! Se não crêem no que dizemos, não porque dizemos, mas por que é bíblico, e se não pretendem nem mesmo ler o que escrevemos (como provam as repetidas idênticas perguntas), por que nos perturbam?

E, enfim, que falem mal de mim onde estiverem, se quiserem, se isso os diverte. Importar-me? Fazer-me de vítima? Ora, isto é uma piada!

Por fim, eu entendo que a salvação é para qualquer um. Desde que Deus o chame!

A Cristo seja a glória!
Roberto

Roberto Vargas Jr. disse...

A propósito, a quem interessar possa...
Estes "debates" são deveras desgastantes. Não porque exigem reflexão. Exatamente por não o exigirem é que são ainda mais desgastantes.
Houvesse interesse genuíno e houvesse reflexão, em prol da edificação da igreja, todo este episódio seria algo prazeroso, ainda que cansaço também houvesse.
Mas o nível que os comentários atingem... É sofrível!

Helder, como disssemos, o que Deus faz de bom com isso eu realmente não posso atinar. Mas sabemos que faz! A Ele a glória!

NAquele que o mal torna em bem,
Roberto

SWELLEN disse...

Só pra lembrar:o sábado nunca foi um ritual e sim um mandamento de Deus(Êxodo 20:8-11),que inclusive se inicia com as palavras:"lembra-te...".O sábado jamais foi abolido por Jesus,pois Ele mesmo guardou o sábado.Se o sábado tivesse sido abolido,também teríamos toda liberdade para matar,furtar,adorar imagens de escultura e etc.
Primeira e última vez que participo desse blog,nunca tinha visto tanto absurdo junto!!!Que Deus tenha misericórdia!!!

Roberto Vargas Jr. disse...

Os assuntos fogem bastante do tema proposto. Mas alguns são interessantes. O caso do sabbath é um deles.

De fato, o sabbath não foi abolido. Mas como tudo na nova aliança, pois toda a Escritura aponta para Jesus, seu significado é agora melhor compreendido.

Sabbath significa descanso. É o dia de oração e descanso, num padrão bíblico de trabalhe seis, descanse um. Um dia consagrado, santificado. Isto é, uma dia a ser colocado à parte para se focar de maneira especial no que é santo, isto é, Deus e seus santos feitos.

Há que se notar que não há referência bíblica ao sábado de nossos dias de semana, mas ao sétimo dia, ainda que o termo "sábado" realmente venha, via latim, do termo hebraico correspondente a sabbath. Assim, qual dia considerar como o sétimo, é bem uma decisão menos dramática do que querem nos apresentar.

Aliás, quanto isso, é bom dizer que o termo "domingo" é originário do latim dies Dominicus, que significa "dia do Senhor".
Se, entre todos os feitos do Senhor, Sua ressurreição na manhã de Páscoa, um domingo, é o que melhor representa a esperança cristã, quem nos poderá condenar por consagrar este dia, o "dia do Senhor" como o sabbath, o sétimo dia, separado para descansar e refletir sobre Suas maravilhas?

Se bem que em todos os dias Suas obras e Ele mesmo em Seus atributos me maravilhem, santificarei o domingo, o dia do Senhor, em louvor e adoração ao Deus que Se fez Homem, ao Eterno que Se pôs no tempo e por Seu amor e por Seus méritos na cruz fez-me dEle. Sou eternamente Sua posse para Sua glória!

SOLI DEO GLORIA!

NAquele que é Santo e Santificador,
Roberto

survivorwayslayer disse...

Roberto Vargas,

Primeiramente quem é glorificado com a adoração no domingo é sartanás com toda sua estrategema pagã do passado, deuses e astros que recebiam reverencia humanna por ser o primeiro dia da semana(na biblia não aparece a palavra domingo, mas primeiro dia da semana)Continue descansando o domingo e receberás o selo da besta em sua mão e sua testa, por acaso não lestes nas sagradas escrituras que o verdadeiro dia de repouso é o SABADO,o sértimo dia do Senhor(Exodo 20:11-14)...Estaria em desacorodo tambem com Hebreus 4:09 "Assim ainda fica para o povo de Deus um descanso, como o descanso de Deus no sétimo dia."
Mesmo que o Domingo seja para você o dia de guarda...estaria enm desacodo com a palavra de Deus pois é o primeiro dia da semana, e Deus pede para descansarmos o sabado que Ele criou e não o domingo que você quer descansar.
"Vocês, mentindo, desencorajaram o justo contra a minha vontade, e encorajaram os ímpios a não se desviarem dos seus maus caminhos para salvarem a sua vida."
Por isso, vocês não terão mais visões falsas e nunca mais vão praticar adivinhação. Livrarei o meu povo das mãos de vocês. E então vocês saberão que eu sou o Senhor." Ezequiel 13:22
"Por isso, o caminho deles será como lugares escorregadios nas trevas,para as quais serão banidos,e nelas cairão.Trarei a desgraça sobre eles,no ano do seu castigo,declara o Senhor."
JEremias 23:12
Gostaria de te enviar um estudo sobre o sabado e verás quanta bobeira foi dito a cima,e pelo que eu conheço, quando se da uma informação errada em relação a realidade dos fatos, é uma omissão ou mentira, portanto, leia bons libvros sobre este assunto(não precisa ser adventista pois sei que não lerás, pode ser católicos mesmo, eles mesmo confessam que mudaram o dia de guarda. (Daniel 7:25) Um livro pra compreender será o do Impacto Esperança do Ano que vem do Pr Mark Finley. Este livro mudará a visão do mundo e trará a tona as coisas escondidas e as mentiras pregadas por muitos a respeito das estrageias de satanás.

É, pelo visto, o orgulho e as tradições estão por cima das sagradas escrituras neste espaço, alguns querem usar toda sua sabedoria para pisar nos outros e na verdade, ou na palavra de Deus, ontem mesmo liguei para uma familia da Igreja Presbiteriana, pois o chefe da familia é pastor,liguei para saber se eles pregavam doutrina Calvinista, a resposta, não sabem me dizer sobre este assunto. Espero tambem que eles nhão pensem que um dos sinais da predestinação para salavação de suas vidas é ser prospero economicamente, e ter uma boa poupança.(A reforma protestante, pag 29) Editora ática.

Roberto, responda da maneira que quizer e quando quizer, mas use a palavra de Deus dentro da exegese e para mim é necessário que você cresça e que eu diminua.. João 3:30


(As vezes o amor é duro e repreende)

Walans de Souza

survivorwayslayer disse...

Roberto Vargas,

Primeiramente quem é glorificado com a adoração no domingo é sartanás com toda sua estrategema pagã do passado, deuses e astros que recebiam reverencia humanna por ser o primeiro dia da semana(na biblia não aparece a palavra domingo, mas primeiro dia da semana)Continue descansando o domingo e receberás o selo da besta em sua mão e sua testa, por acaso não lestes nas sagradas escrituras que o verdadeiro dia de repouso é o SABADO,o sértimo dia do Senhor(Exodo 20:11-14)...Estaria em desacorodo tambem com Hebreus 4:09 "Assim ainda fica para o povo de Deus um descanso, como o descanso de Deus no sétimo dia."
Mesmo que o Domingo seja para você o dia de guarda...estaria enm desacodo com a palavra de Deus pois é o primeiro dia da semana, e Deus pede para descansarmos o sabado que Ele criou e não o domingo que você quer descansar.
"Vocês, mentindo, desencorajaram o justo contra a minha vontade, e encorajaram os ímpios a não se desviarem dos seus maus caminhos para salvarem a sua vida."
Por isso, vocês não terão mais visões falsas e nunca mais vão praticar adivinhação. Livrarei o meu povo das mãos de vocês. E então vocês saberão que eu sou o Senhor." Ezequiel 13:22
"Por isso, o caminho deles será como lugares escorregadios nas trevas,para as quais serão banidos,e nelas cairão.Trarei a desgraça sobre eles,no ano do seu castigo,declara o Senhor."
JEremias 23:12
Gostaria de te enviar um estudo sobre o sabado e verás quanta bobeira foi dito a cima,e pelo que eu conheço, quando se da uma informação errada em relação a realidade dos fatos, é uma omissão ou mentira, portanto, leia bons libvros sobre este assunto(não precisa ser adventista pois sei que não lerás, pode ser católicos mesmo, eles mesmo confessam que mudaram o dia de guarda. (Daniel 7:25) Um livro pra compreender será o do Impacto Esperança do Ano que vem do Pr Mark Finley. Este livro mudará a visão do mundo e trará a tona as coisas escondidas e as mentiras pregadas por muitos a respeito das estrageias de satanás.

É, pelo visto, o orgulho e as tradições estão por cima das sagradas escrituras neste espaço, alguns querem usar toda sua sabedoria para pisar nos outros e na verdade, ou na palavra de Deus, ontem mesmo liguei para uma familia da Igreja Presbiteriana, pois o chefe da familia é pastor,liguei para saber se eles pregavam doutrina Calvinista, a resposta, não sabem me dizer sobre este assunto. Espero tambem que eles nhão pensem que um dos sinais da predestinação para salavação de suas vidas é ser prospero economicamente, e ter uma boa poupança.(A reforma protestante, pag 29) Editora ática.

Roberto, responda da maneira que quizer e quando quizer, mas use a palavra de Deus dentro da exegese e para mim é necessário que você cresça e que eu diminua.. João 3:30


(As vezes o amor é duro e repreende)

Walans de Souza

survivorwayslayer disse...

(Correção: Exodo 20:8-11 em vez de 11-14..)

Roberto Vargas Jr. disse...

Walans,

Não pense que entrarei em razões contigo. Se lhe dirijo a palavra é apenas por educação (não, porém, em cortesia fingida). Seu discurso continua enfadonho, descortês e ignorante, e o pouco que você poderia entender do que digo já está dito.
Goste de mim ou não, deseje-me no inferno ou não, eu sei em Quem tenho crido! Sua avaliação quanto a mim é irrelevante, como vê.
Porém, descortesias à parte, agradeço a sugestão de uma resposta (mas não a você)...

Aos que possuem ouvidos para ouvir,

"Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada" (Gl 2.16).
"Todos aqueles, pois, que são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para fazê-las" (Gl 3.10).
"Ao que Deus purificou não consideres comum" (cf At 10).
"Pois por que há de ser julgada a minha liberdade pela consciência alheia? Se eu participo com ações de graças, por que hei de ser vituperado por causa daquilo por que dou graças?" (I Co 10.29-30)

Dou graças a Nosso Senhor Jesus Cristo que me libertou de minha incapacidade em cumprir as obras da lei e em Seu amoroso, bom e justo desígnio me predestinou para as boas obras em Seu nome, para a glória de Deus Pai!

"Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus" (I Co 10.31).

NEle, por Ele e para Ele sejam tudo que sou, tudo que penso e tudo quanto eu fizer!
Glória somente a Deus!
Roberto

Clóvis disse...

Helder,

Tive que rir com as confusões do seu nome. Me lembrou um dos integrantes do Casseta & Planeta, que ninguém consegue pronunciar o nome: Humbert.

Pelo jeito você atraiu a atenção dos seguidores do prof. Leandro. Foi só ele publicar o link, o que demorou a fazer.

Vou ler o post III agora.

Em Cristo,

Clóvis